Autores

abelardo

Abelardo Rodrigues. Poeta afro-brasileiro, publicou em 1978 Memória da Noite – edição do autor. Participação na revista norte-americana Callallo, 1980 vol 3; Cadernos Negros 2 e 3 (org. Cuti) São Paulo: Ed. dos Autores, 1979/1980 contos e poemas; Axé – Antologia da poesia negra contemporânea (org. Paulo Colina) São Paulo, Global , 1982); A Razão da Chama – antologia de poetas negros brasileiros (org. Oswaldo de Camargo). São Paulo:GRD, 1986; Schwarze Prosa (Org. Moema Parente Augel) Edition Diá – Alemanha; Schwarze Poesie (poesia negra) org. Moema P. Augel, St.Gallen/Köln:Edition Diá, 1988 edição bilingue alemão/português. Co-fundador do Grupo Quilombhoje. Publicou Memória da Noite revisitada & outros poemas – Ciclo Contínuo Editorial, 2013.

Contato | rodriguesabelardo259@gmail.com

Página do autor   


ana

Ana Paula dos Santos Risos é bacharel em Artes do Corpo com habilitação em Teatro pela PUC/SP. Ana Paula é também educadora, escreve desde seus 12 anos e aos 14 anos começou a praticar teatro. Escreveu e montou o monólogo “A Informal”, construída com poesias de algumas escritoras como Raquel Almeida, Maria Tereza, Lila Barbosa, Elizandra Souza e da própria Ana Paula. As cenas abordam cultura, questão racial e comportamento, dentro de uma possível informalidade na condição do que é ser mulher.

Publicou os zines poéticos Ponto de Fuga e Ainda no invisível livro. Quem roubou quem? foi seu livro de estréia, publicado pela Ciclo Contínuo Editorial, 2011

Contato | anamo.teatro@gmail.com

Página da autora 


angela

Angela Teodoro Grillo é doutora e mestre em Letras pela Universidade de São Paulo. Dedica-se ao estudo da representação do negro na obra de Mário de Andrade, trabalho que resultou na tese O losango negro na poesia de Mário de Andrade (2015) e na dissertação Processo de criação do manuscrito Preto (2010), ambos na área de Literatura Brasileira. Tem artigos publicados e participação em congressos científicos nacionais e internacionais.

Publicou o livro Sambas Insonhados – O negro na perspectiva de Mário de Andrade – Ciclo Contínuo Editorial, 2016.

Contato | angelagri@gmail.com


cuti

Cuti (Luiz Silva) nasceu em Ourinhos-SP, e vive na capital. Formou-se em Letras (Português-Francês) na Universidade de São Paulo, em 1980. Mestre em Teoria da Literatura e Doutor em Literatura Brasileira pelo Instituto de Estudos da Linguagem – Unicamp (1999-2005). Foi um dos fundadores e membro do Quilombhoje Literatura, de 1983 a 1994, e um dos criadores e mantenedores da série Cadernos Negros, de 1978 a 1993.

OBRAS: Poemas da carapinhaBatuque de tocaia (poemas); Suspensão (teatro); Flash crioulo sobre o sangue e o sonho (poemas); Quizila (contos); A pelada peluda no Largo da Bola (novela juvenil); Dois nós na noite e outras peças de teatro negro-brasileiroNegros em contosUm desafio submerso: Evocações, de Cruz e Sousa, e seus aspectos de construção poética (dissertação de mestrado); Sanga (poemas); A consciência do impacto nas obras de Cruz e Sousa e de Lima Barreto (tese de doutorado); Negroesia. (poemas); Contos cresposMoreninho, Neguinho, Pretinho (ensaio educativo). Além de obras em co-autoria, o escritor publicou poemas, contos, peças de teatro e ensaios em antologias brasileiras e estrangeiras.

Organizou, junto com o escritor Akins Kintê, a antologia de poemas eróticos Pretumel de chama e gozo – Antologia da poesia negro-brasileira erótica – Ciclo Contínuo Editorial, 2015.

Contato | cutiescritor@terra.com.br

Página do autor 


Fábio Mandingo 2

Fábio Mandingo. Menino de Santo Amaro, crescido nas ruas da periferia de Salvador e na beira da maré da Ribeira. Adolescente nas ruas do centro, aprendeu a fazer ele mesmo, ao som do punk rock, virou homem na Capoeira e no Axé. É pai de Tatitâmara e de Sarafogo, Capoeirista Angoleiro e Ogan de Xangô. Ah, também pós graduando em História social do negro e Mestre em Educação, abusado… e inquieto…

Publicou os livros de contos: Salvador Negro Rancor (2011), Morte e vida Virgulina (2013) e Muito como um rei (2015). Todos pela Ciclo Contínuo Editorial.

Contato | mandingoobainan@gmail.com

Página do autor 


gerson

Gerson Salvador é de Cansanção, sertão da Bahia. Vive em São Paulo desde os oitos anos. É médico infectologista e professor de Propedêutica Clínica na Universidade de São Paulo. Recebeu o prêmio “Centenário Mário de Andrade” em 1993, modalidade poesia, da Prefeitura de São Paulo quando era estudante da rede pública municipal. Em 2013 publicou “O anjinho do vendedor de sonhos” na antologia Sobrenome Liberdade.

Publicou o livro de contos O pior médico do mundo – Ciclo Contínuo Editorial, 2014.

Contato | gersonsalvador@gmail.com

Página do autor


marcio

Marcio Folha, capoeira, dançarino, percussionista, escritor e ilustrador. Pedagogo, aluno de mestrado do PPG do Dep. de Educação da Unesp – Rio Claro/SP, o autor possui trabalhos publicados em revistas especializadas, além de participar de antologias literárias com contos e ilustrações.

Publicou a novela em quadrinhos Histórias de Tio Alípio e Kauê – O Beabá do Berimbau – Ciclo Contínuo Editorial, 2009. (indicado para prêmio HQMIX – 2009 e adotado pela Secretaria de Cultura do Município de São Paulo e a Secretaria de Educação do Município de São Paulo.

Contato | marcio7folhas@gmail.com


oswaldo

Oswaldo de Camargo (Bragança Paulista, 1936) é jornalista, com carreira de revisor no jornal O Estado de S. Paulo, redator e resenhista literário no Jornal da Tarde, da mesma empresa. Foi, por sete anos, assistente da presidência na Imprensa Oficial do Estado. Ex-seminarista, cursou Humanidades (Latim, Português, Francês e Grego) no Seminário Menor Nossa Senhora da Paz, em São José do Rio Preto, SP. Lá estudou também teoria musical e órgão e, já em São Paulo, por sete anos, piano no Conservatório Santa Cecília, em Vila Pompeia, Capital.

Palestrante, tem dado cursos de Literatura em várias escolas e universidades do País, com destaque para o de atualização para professores, ministrado em anos consecutivos na Universidade de São Paulo.

Sua participação na antologia Swarze Poesie– Poesia Negra rendeu-lhe, em 1988, viagem, com os autores Cuti (Luiz Silva) e Geni Guimarães, à Alemanha e à Suíça, para declamação e comentários sobre Literatura escrita por negros no Brasil.

Ativista da cultura afro-brasileira, foi um dos fundadores do Grupo Quilombhoje, coletivo de autores voltados para publicação, discussão e divulgação da Literatura negra em nosso país.

Como escritor, contam-se entre alguns de seus livros O Negro Escrito– Apontamentos sobre a Presença do Negro na Literatura Brasileira (estudos literários); O Carro do Êxito (contos); O Estranho (poemas) A Descoberta do Frio (novela); Oboé (novela).

Por seus estudos sobre o poeta negro simbolista Cruz e Sousa, recebeu, em 1998, da Secretaria de Cultura de Santa Catarina a Medalha de Mérito Cruz e Sousa e, pela presença e atuação na Literatura Negra no Brasil, a Medalha Zumbi dos Palmares, outorgada, em 2013, pela Câmara Municipal de Salvador (BA). Em outubro de 2015, foi outorgado o Título de Cidadão Paulistano a Oswaldo de Camargo, em Sessão Solene na Câmara Municipal de São Paulo.

É conselheiro do Museu Afro Brasil, em São Paulo

Publicou Raiz de um Negro Brasileiro – Esboço Autobiográfico (memórias), 2015 e Lino Guedes: Seu Tempo e seu Perfil (2016), ambos pela Ciclo Contínuo Editorial.

Contato | oswaldodecamargo@bol.com.br

Página do autor


sergio

Sergio Ballouk nasceu na cidade de São Paulo, em 1967. Graduado em Publicidade e Propaganda pela Fundação Cásper Líbero e pós-graduado na área de Gestão Pública pela Universidade Mogi das Cruzes. Desde 2005, é presença constante nos volumes da antologia Cadernos Negros, publicada pelo grupo Quilombhoje Literatura, com poemas e contos. Participou, ainda, de outras publicações, com destaque para os livros Bailes: soul, samba-rock, hip hop e identidade em São Paulo (2007) e Contos Afros (2009).

Publicou o livro de poemas Enquanto o tambor não chama – Quilombhoje Literatura, 2011 e Casa de Portugal (contos) – Ciclo Contínuo Editorial, 2016.

Contato | sergioslv@hotmail.com

Página do autor